Copyright© 2017-2019 - Todos os Direitos Reservados -  Elizeu Cardoso

Desenvolvido por Jonathas Sales

October 28, 2019

September 23, 2019

September 4, 2019

September 4, 2019

August 30, 2019

August 30, 2019

July 5, 2019

May 31, 2019

Please reload

Posts Recentes

UM GALO PARA DUAS CABEÇAS

August 11, 2017

1/5
Please reload

Posts Em Destaque

QUERÊNCIAS

August 30, 2019

Sabe-se lá o que deu em sua cabeça, quando já deitado atravessado na rede, o vento lhe trouxe o som dos tambores. Talvez fosse porque suas mãos cresceram batendo nas madrugadas, ou desejava ver aquele sorriso novamente? Pegou a camisa enfiada na escápula, passou um pouco de colônia no pescoço e nos braços. Sacudiu o bule, e sentido a leveza, derramou quase nada na xícara.

 

-   Nem brasa tem. E das coisas ruins da vida, café frio é a pior – Admitiu encostando a porta da frente. Já no pé da ladeira acendeu o cigarro – A velhice é uma desgraça, todo dia esta rua me parece mais alta. Daqui a pouco até pra descer me faltam pernas.

Quando chegou lá em cima, demorou-se um pouco para recuperar o fôlego. Ao ver as torres da igreja Matriz, se desculpou enquanto se benzia:
- Santo Inácio, perdoe mais uma vez este velho sem palavras. Pode me chamar de sem vergonha, não me zango. Mas acredite, próximo ano vou na procissão. 

Atravessava a praça, quando viu aquele vulto subindo a outra ladeira. Não tardou a reconhecer João Freitas com a sua maleta branca, no incansável ofício de rezador. Camisa branca, bigode marcando o rosto, passos pequenos, mas ligeiros, e a lanterna debaixo do braço.

- Boa noite, Seu João.
- Boa noite, Sátiro.
- Reza uma hora dessas? É morte na certa!
- E não é? Na melhor hora do sono, quando até a madrugada boceja. Mas se eu não rezar, quem reza? Tu só pisou na igreja no dia do teu batizado.
- E é porque fui levado ! – E sorriram juntos – Seu João, não vou mentir. Missa não mexe comigo, gosto é dos tambores dos terreiros, naquela alegria onde até o corpo se balança. O agogô marca aqui dentro – E apontou para o peito.
- Posso entender. O tambor acabou de começar na casa de Atanásio. Também tenho que seguir caminho lá para a Ponta Branca.
-  Boa viagem! – Desejou se despedindo, voltando a tragar o resto do cigarro.

Ali no quintal, procurou os olhos dela, mas não os viu. “Talvez não tenha vindo” – Pensou cumprimentando Nhá Zefirina, sentada no banco, mais dormindo que acordada. Ao vê-lo despertou:

- Pra te tirar da rede uma hora dessa, só mulher, né, Satiro?
- Nhá Zefa, tu é velha sabedora das coisas. E tu viu ela por aí?
- Foi embora hoje cedo, voltou pro marido. Culpa tua, que ficou naquele chove não molha a noite toda. Nuvem não guarda chuva por muito tempo, nem peito o amor.  – Mas antes que ela acabasse falar, a viu surgindo ali na porta da cozinha com os mesmos olhos de dia amanhecendo. Morena bonita assim, nunca tinha visto. 
- Agora tu deu pra ser uma velha mentirosa foi, Nha Zefa?
- Queria só ver tua cara de bicho preso. Tu parece que ficou velho e besta. A mulher tá com esses olhos pra riba de ti, e tu nessa lenga-lenga. Satiro tu já foi macho! Ah, se foi – Atentou lembrando-se das aventuras do amigo quando novo ali no bairro da Matriz.

Quando Satiro se aproximou dela, ali sentada no banco comprido, ainda ressoavam as palavras de Nhá Zefa “Nuvem não guarda chuva por muito tempo”. 
- Boa noite. Eita, que este calor ainda toca fogo no mundo – Disse, sacudindo a camisa desabotoada até o meio.
- Depois das chuvas, o tempo fica assim. 

Nessa noite, ele tocou quase nada, e deixou o agogô sem demoras. Convidou-a para pegarem um vento na beira do campo, e lá se foram se distanciando, indiferentes aos olhares e dizeres que cresciam entre cochichos.  

Enrolando-se no capim do campo, esqueceram-se das horas, e feito os tambores distantes, foram se ritmando, mão com mão, em cantorias e gemidos, naquela pajelança de dois. No céu, as curacangas cruzavam de um lado para o outro, mas eles não perceberam. Era insaciável a querência de estar no outro, morrendo da mesma febre.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags